CONHEÇA NOSSO BLOG
07Nov

5 curiosidades que você não sabia sobre plásticas gengivais

Ter um sorriso bonito e saudável é um desejo comum nos dias de hoje, em que a busca pela estética perfeita é constante. Com esse objetivo, além dos cuidados básicos de saúde bucal, algumas pessoas também optam por realizar interferências cirúrgicas.

Dentre as mais populares estão as plásticas gengivais, que visam harmonizar os dentes e boca, de maneira que haja maior equilíbrio visual no rosto. O procedimento pode ser feito a partir de várias indicações, que variam de acordo com a necessidade do paciente.

Para mostrar todos os detalhes envolvidos nessa cirurgia, descubra uma lista de curiosidades que esclarecem muitas dúvidas recorrentes sobre o assunto aqui no post. Acompanhe!

1. Qual é o profissional responsável por fazer plásticas gengivais?

Com o estudo profissional adequado, qualquer cirurgião dentista poderia ser responsável pela cirurgia. Porém, o mais indicado é o especialista em gengivas, conhecido como periodontista.

Ele está capacitado em técnicas específicas que garantem o êxito e a segurança da cirurgia, de forma a determinar com precisão qual seria o melhor processo para sua necessidade.

2. Quem pode se submeter a essa cirurgia?

As plásticas gengivais são orientadas, na maioria das vezes, para aquelas pessoas que exibam o famoso sorriso gengival. Ou seja, que possuem a gengiva muito grande.

Mas a intervenção também pode ser aplicada quando as retrações acontecem e a gengiva se desloca, causando a exposição da raiz; e nos casos que necessitam de recobrimento gengival, os quais envolvem gengivas com espessura e coloração indesejadas.

3. Como é feito o procedimento?

A técnica mais utilizada nas plásticas gengivais é o leve descolamento da gengiva para cima, para baixo ou para o lado, de acordo com o objetivo da cirurgia.

Pode envolver por vezes a retirada de um pouco do tecido do palato, chamado também de céu da boca, para que seja feito enxerto de espessura ou volume em outra parte da gengiva.

O paciente recebe anestesia local infiltrativa, aplicada conforme seu histórico clínico e exames realizados para que tudo dê certo na operação.

4. Quanto tempo dura em média a cirurgia?

A duração do procedimento é determinada de acordo com a necessidade exigida pela situação do paciente. Em média, uma plástica gengival simples pode levar cerca de 30 minutos.

Nos casos que exigem enxerto ou correção do sorriso gengival, a cirurgia pode durar até uma hora e meia.

5. Existe alguma contraindicação?

Algumas condições de saúde podem interferir na realização das plásticas gengivais. Por isso, é importante manter os exames em dia para que não haja interferência quando o procedimento se fizer necessário.

Diabetes e hipertensão sem controle, gravidez, problemas na coagulação do sangue, infecções bucais, tabagismo e HIV são algumas das contraindicações para fazer a cirurgia.

Para ter certeza sobre a viabilidade prática, consulte seu médico e repasse o diagnóstico para a correta avaliação do cirurgião dentista. Não esconda nenhum detalhe ou informação, a fim de não enfrentar nenhuma consequência negativa mais adiante.

É importante ressaltar que as plásticas gengivais também exigem cuidados no pós-operatório, principalmente no que se trata de higienização e alimentação. A cicatrização demora até 20 dias para acontecer. E, para que não surjam problemas, é conveniente que o paciente não faça esforço físico, não se exponha ao sol e não ingira bebidas alcoólicas no período.

Falar pouco e se alimentar com líquidos e pastas também colaboram para que o resultado da cirurgia seja um sucesso.

Essas curiosidades foram úteis para você? Em caso afirmativo, deixe seu comentário no blog. Aproveite e compartilhe conosco a sua opinião sobre a realização de plásticas gengivais.

Posts RecentesTags
  • Copyright © 2018 Instituto Oral Itaim - CRO CL : 12962 | RT: Joana Ozi CROSP: 92.804
  • Agência Trii