CONHEÇA NOSSO BLOG
Gengivite E Periodontite Quais As Diferencas E Como Tratar Miniatura

Gengivite e periodontite: quais as diferenças e como tratar?

Quando falamos em saúde bucal, os dentes não são os únicos elementos que precisam de atenção. Também é fundamental cuidar de outras áreas, como a gengiva, principalmente. Se elas não receberem o cuidado que deveriam, algumas doenças podem se desenvolver.

A gengivite e a periodontite estão entre as principais e são capazes de causar efeitos variados. Saber identificá-las, tratá-las e até evitá-las é essencial para ter um sorriso bonito e muito saudável.

Entenda qual é a diferença entre gengivite e periodontite e descubra como essas duas doenças devem ser tratadas.

O que é e como tratar a gengivite?

A gengivite é, basicamente, uma inflamação da gengiva em sua margem. A gengiva que fica logo abaixo do dente sofre um inchaço, o que gera incômodo em um ou mais dentes. A principal causa para esse quadro é o surgimento da placa bacteriana. O problema é caracterizado por uma placa sobre os dentes, repleta de bactérias e sujeiras.

O motivo mais comum para a gengivite é a má higiene oral, mas também há outras causas. A baixa produção de saliva, o uso de medicamentos que ressecam a região e até o tabagismo aumentam os riscos.

Nas fases iniciais, a inflamação é tratada de forma básica, como por meio dos ajustes sobre os hábitos. Usar fio dental e fazer uma escovação robusta são formas de evitar a adesão da placa. Sempre é preciso realizar uma limpeza profissional, mas os hábitos devem ser orientados para a gengivite não voltar. São feitas etapas de remoção que incluem a raspagem ou o uso de certos produtos. A gengivite ser indolor, mas caso o paciente tenha incômodo, o uso de medicamentos ajuda a aliviar as dores.

E a periodontite?

Já a periodontite é, de certa maneira, um quadro avançado da gengivite. Nesse caso, a inflamação atinge o tecido de modo mais profundo, o que leva a um comprometimento maior das estruturas. Nesse cenário, a inflamação chega ao tecido e estruturação se suporte do dente, o osso. Além dos efeitos principais, como dor, sensibilidade, retração e sangramento, há até a perda do dente nos casos severos.

O problema exige atenção máxima porque as bactérias podem atingir outras partes do organismo. Se elas caírem na corrente sanguínea, talvez cheguem até o coração, por exemplo. Para tratar a condição, é preciso eliminar o quadro da infecção, a princípio.

Qual é a importância de tratar as condições corretamente?

A periodontite, necessariamente, passa por um estado de gengivite. Se os primeiros sintomas são identificados e tratados a tempo, portanto, não há a evolução para o quadro mais grave. Então, ter o apoio de um bom especialista é fundamental para tratar com eficiência e evitar maiores problemas.

Além disso, o agravamento pode criar sérias consequências para toda a saúde. Um tratamento incompleto ou inadequado, inclusive, potencializará as bactérias e gerará maiores preocupações. Então, não deixe de procurar um especialista experiente e com toda a capacidade para garantir a saúde bucal.

A gengivite e a periodontite são duas inflamações gengivais que merecem a máxima atenção. Ao saber como tratá-las, você poderá cuidar da saúde e da estética bucal com maior eficiência.

Agora que você já conhece bem essas duas doenças, não deixe de acessar o nosso site e agendar a sua visita com um especialista!

Posts RecentesCategoriasTags
  • Copyright © 2018 Instituto Oral Itaim - CRO CL : 12962 | RT: Joana Ozi CROSP: 92.804
  • Agência Trii