CONHEÇA NOSSO BLOG
profilaxia dental

Profilaxia dental: o que é e quais são as etapas?

Os cuidados pessoais diários com a higiene bucal fazem parte da rotina de todas as pessoas. Ou, pelo menos, deveriam fazer. Aliado a isso, existem tratamentos odontológicos que auxiliam na preservação da saúde bucal impecável. Um deles é a profilaxia dental, mais conhecido como limpeza dentária. O procedimento deve ser realizado, no mínimo, a cada 6 meses em um consultório odontológico. Saiba mais sobre o assunto ao longo deste artigo do Instituto Oral Itaim.

O que é a profilaxia dental?

A profilaxia dental, vulgarmente conhecida como limpeza dentária, é um procedimento realizado por um cirurgião-dentista em consultório odontológico. Diferentemente da limpeza diária feita pelo paciente, esse processo utiliza aparelhos específicos.

Nesse procedimento, o dentista é capaz de higienizar cada dente de forma individual, bem como a parte mais interna da gengiva. O principal objetivo é eliminar tártaros, placas bacterianas e manchas. Em resumo, podemos dizer que a limpeza dentária atua na prevenção de cáries e doenças bucais e periodontais.

A profilaxia dental é realizada em quatro grandes etapas. Veja, a seguir, os detalhes sobre cada uma delas.

As 4 etapas da profilaxia dental

1- Remoção de tártaro

A primeira etapa da profilaxia dental compreende a remoção grosseira do cálculo dental, conhecido como tártaro. Para isso, é utilizado um aparelho de ultrassom, que emite vibrações que quebram as placas de tártaro presas na superfície dos dentes.

2- Refinamento

Após a aplicação do ultrassom em todos os dentes, chegou a etapa de refinamento. Essa fase compreende a raspagem do tártaro utilizando curetas manuais. A remoção da placa é feita na porção coronária dos dentes, entrando levemente no sulco gengival.

3- Polimento

Na sequência à raspagem dos dentes com as curetas manuais, o dentista dá início ao polimento. Esta etapa é feita com escovas ou taças de borracha com o intuito de polir a superfície, deixando-a lisa o suficiente para impedir a aderência de placa bacteriana. Consequentemente, evita-se também a formação de tártaro naquele local.

4- Aplicação de flúor

A última etapa da profilaxia dental consiste na aplicação de flúor, elemento químico que tem como principal objetivo a prevenção de cáries. Além disso, ajuda a devolver minerais, favorecendo a produção de cálcio e fortificando os dentes.

Recomenda-se que a profilaxia dental seja feita 2 vezes ao ano, ou seja, a cada 6 meses. Essa frequência é ideal para impedir que o tártaro se infiltre na gengiva. Assim, evita-se o surgimento de doenças gengivais, como a periodontite e a gengivite.

Você está procurando por uma clínica odontológica em SP de confiança para realizar sua profilaxia dental? Então, fique tranquilo, você acabou de encontrar! O Instituto Oral Itaim tem 8 anos de experiência no mercado, sempre oferecendo soluções inovadoras e eficazes para melhorar a saúde bucal dos seus pacientes.

Aqui, realizamos serviços de estética dental, prevenção e tratamentos odontológicos. Entre eles, podemos citar a limpeza dental, tratada ao longo deste artigo, clareamento dental, prótese dental, lente de contato dental e muito mais! Entre em contato conosco para saber mais.

Posts RecentesCategoriasTags
  • Copyright © 2018 Instituto Oral Itaim - CRO CL : 12962 | RT: Joana Ozi CROSP: 92.804
  • Agência Trii