CONHEÇA NOSSO BLOG
01Jul

Veganismo e saúde bucal: será que existe alguma relação?

Uma dieta rica em alimentos vegetais tem tudo para ser benéfica à saúde. Este é o caso do veganismo, prática que apregoa o consumo de elementos naturais. Mas será que as restrições também são capazes de afetar a saúde bucal? Preparamos este artigo para responder a questão e trazer informações sobre a relação existente entre veganismo e saúde bucal. Ficou curioso? Prossiga a leitura. Ao final, veja como o Instituto Oral Itaim pode te auxiliar.

Qual a ligação do veganismo e saúde bucal?

Certamente, muitas vezes que você foi ao dentista, o profissional chegou a te dizer que tudo o que é ingerido se relaciona com a saúde bucal. Sendo assim, não há como negar que o veganismo também se apresenta como um dos fatores que podem ou não trazer consequências à saúde.

Entenda bem: nem todo paciente vegano é propenso a desenvolver doenças bucais tal como os pacientes não veganos. O que ocorre, na verdade, é que a falta do uso de alguns produtos tidos como necessários para a higiene dos veganos aumenta o risco de evolução das bactérias. Por isso, identificamos a relação entre o veganismo e saúde bucal.

Além muito, há muitos debates acerca da nutrição correta dos pacientes veganos. Como não se alimentam de proteína animal, as vitaminas A, D e K2 podem sofrer baixa no sangue. Isso também ocasiona o aparecimento de cáries. No entanto, é fundamental manter cautela para identificar as melhores formas de agir caso este diagnóstico seja feito.

O que um vegano pode fazer para manter a saúde bucal em dia?

Ainda sobre o assunto veganismo e saúde bucal, sabemos que muitas dúvidas devem surgir sobre a manutenção do bom estado de saúde dos dentes. Em função disso, separamos alguns elementos que podem ajudar os veganos a seguirem com o bem-estar em dia. Veja.

1- Alimente-se bem

O primeiro passo que os veganos podem dar para romper com o mal-estar da relação entre veganismo e saúde bucal é cumprir uma boa alimentação. Alguns alimentos são capazes de repor as vitaminas, que citamos anteriormente, no sangue. Eles são:

  • amêndoas;
  • folhas verdes;
  • beta-caroteno: batata doce, cenoura, espinafre, agrião, damasco e manga.

Alimentar-se destes elementos e pegar um solzinho pela manhã pode ajudar, e muito, a manter seus dentes saudáveis!

2- Pratique o hábito da escovação

A escovação é uma tarefa básica. Esta deve ser feita todos os dias, pela manhã e depois das refeições. Para os veganos e não veganos, o reforço na escovação impede que as bactérias encontrem ambiente propício para a proliferação.

À vista desta questão, se você pratica o veganismo e tem medo de ter as vitaminas em baixa e, portanto, mais microrganismos na sua boca, não se esqueça de escovar bem os dentes.

3- Escolher uma escova de cerdas macias

Tanto o tipo de escova, quanto a maneira como o vegano faz a escovação pode influenciar no quão saudável serão os dentes. Deste modo, o indicado é optar por uma escova de cerdas macias e evitar de usar força excessiva na escovação para não comprometer a gengiva.

Faça o tratamento de periodontia no Instituto Oral Itaim!

Gostou de entender mais sobre a relação entre veganismo e saúde bucal? Os profissionais do Instituto Oral Itaim são especialistas em tratamentos de prevenção. Entre em contato conosco para agendar sua consulta!

Aproveite para ler mais artigos como este em nosso blog. Encontre:

Posts RecentesTags
  • Copyright © 2018 Instituto Oral Itaim - CRO CL : 12962 | RT: Joana Ozi CROSP: 92.804
  • Agência Trii